Como fazer uma festa de aniversário infantil

Como fazer uma festa de aniversário infantil

Como fazer uma festa de aniversário infantil / Flickr

A festa de aniversário infantil requer maior planejamento do que as comemorações comuns. São festas que exigem maior cuidado dos pais e mais detalhes para programar. Mas, nada que boas dicas não ajudem os pais a planejarem uma confraternização bem animada para os filhos, certo?!

Passo a passo – Como fazer uma festa de aniversário infantil

O primeiro critério de uma festa de aniversário para crianças é o tema. As festas livres são mais indicadas para adolescentes e jovens, no momento em quem os interesses entre os convidados são diferentes e a intenção da confraternização também é outra. Na infância, as comemorações que levam uma temática envolvida ajuda a desenvolver as outras atrações da celebração, além de ser um diferencial do anfitrião, dentre os colegas.

Segundo tópico a se pensar é na faixa etária dos convidados que frequentará a festa. O público infantil varia dos 0 aos 10 anos de idade. Na época da infância, os pais também podem subdividir os filhos entre de 0 a 3 anos, 4 aos 6, e dos 7 aos 10 anos de idade. A partir dos 11 anos, as crianças já são consideradas pré-adolescentes e os cuidados para planejar o evento para os aniversariantes são diferentes.

Dentro da subdivisão de idades, para facilitar o planejamento da festa, os pais podem começar a pesquisar os detalhes para a comemoração do aniversário. Procurar por buffets é uma solução em todas as faixas etária. Atualmente, existem estabelecimentos especializados em diversão para as crianças. Procure saber onde existe um local próximo para que os profissionais também possam melhorar o planejamento da festa.

No caso de crianças de 0 a 3 anos, a preocupação com a segurança dos filhos e convidados deve ser redobrada. Durante a faixa etária estipulada, as crianças não têm autonomia suficiente para a locomoção, o que requer um planejamento de estrutura para os pequenos. Neste caso, as festas exigem uma diversão simples, mas que também seja adequada para os menores.

Os cuidados com os berçários e locais para a amamentação devem ser redobrados, pois os pais podem realizar a manutenção da higiene das crianças ao longo do evento. Além dos pequenos, os pais também são levados em consideração. Normalmente, as comemorações para crianças de 0 a 3 anos são confraternizações que abrigam muitos adultos, para acompanhar os convidados.

Estipule também uma diversão para os pais das crianças, onde os adultos também se sintam parte da confraternização. Os progenitores do anfitrião devem focar no tema infantil, mas devem se atentar ao fato que todas as idades podem participar das brincadeiras.

Tente animar uma brincadeira, onde adultos e menores possam participar juntos. Faça uma pequena competição que os pais também possam relembrar os velhos tempos de criança. A iniciativa é um modo de acolher todos os convidados e aproximar crianças e pais, no decorrer da confraternização.

As crianças e 4 a 6 anos de idade já têm autonomia maior de locomoção e de poder de decisão pessoal. O público tem maturidade maior para compreender as brincadeiras, jogos, etc. Independente da idade, lembre-se de que o foco da festa de aniversário infantil é a diversão das crianças.

Na faixa etária entre 4 e 6 anos, os pais podem conversar diretamente com as crianças para estipular um tema ideal para o aniversário. Os pequenos podem ajudar com as atrações da festa também. Sempre entre no tema de que, não existe melhor opinião para uma festa infantil, do que os próprios filhos.

Com a variação da idade, os cuidados para amamentação e berçário devem permanecer. A lista de convidados pode conter os detalhes de cada pessoa, para assim saber se será necessário o suporte para os bebês. Mas, a partir dos 4 anos as crianças dependem de estímulos lúdicos, como comidas com formatos diferentes, composições de decoração de cores mais fortes, ou brincadeiras que envolvam a ação.

Já dos 7 aos 10 anos, a autonomia das crianças está maior, assim como os poderes cognitivos e necessidade de mais ação. Será uma festa que requer menos detalhes de decoração e mais investimento em atrações para os menores. Atualmente, as crianças são mais ágeis do que há tempos atrás. Além da agilidade, os menores tendem a ter maior necessidade de conhecer ideias novas e a prender a atenção em tarefas dinâmicas.

As festas para a faixa etária dos 7 aos 10 anos também acompanham a ideia de agilidade e dependem menos dos adultos. Normalmente, são comemorações recheadas de pequenos, música e brincadeiras. A possibilidade de lugares também torna-se maior, com a idade mais avançada. Os pais podem investir em celebrações que vão desde as caseiras até as confraternizações em parques de diversão.

Diversão em primeiro lugar

As festas infantis geralmente abrigam brinquedos, ou brincadeiras para crianças. A intenção é integrar os menores para que a festa fique dinâmica e mais divertida para os convidados. Caso a comemoração for feita em uma residência que suporte a estrutura de brinquedos (mesmo que clássicos como a piscina de bolinha, cama elástica, etc), o indicado é abrir a festa na própria casa.

Deste modo, é possível trazer uma recepção familiar ainda maior. Lembre-se de que as festas infantis devem trazer a sensação de família, para poder unir os pais e filhos. Portanto, aposte nas brincadeiras em conjunto, por exemplo.

No caso de comemorações em buffets, o quesito brincadeira ficará mais fácil para administrar. Os locais especializados em festas para as crianças já têm alocado nos ambientes brinquedos diferentes e monitores para acompanhar os pequenos durante as diversões. São pessoas treinadas para dar o suporte necessário para que a festa aconteça, sem preocupações maiores.

Doces para festa de aniversário infantil

Doces para festa de aniversário infantil / Flickr

A escolha dos buffets, ou brinquedos, também pode variar de acordo com a faixa etária do anfitrião e convidados. As crianças de 0 a 6 anos, normalmente, são direcionadas aos brinquedos de menos ação, do que as estruturas disponíveis para os menores de 7 a 10 anos. A diferença acontece pela habilidade de autonomia que a criança possui em cada fase.

A segurança dos brinquedos também deve ser levada em consideração. Independente de realizar uma festa na residência, ou em locais externos, certifique-se que a diversão tem garantia e oferece o suporte necessário para os menores.

Além dos brinquedos e brincadeiras, a comida também pode entrar na dança lúdica. Caso faça uma recepção em casa, procure como elaborar comidas com apelo visual, como formas de personagens, ou figuras. O ideal para a bebida são os sucos, pois são mais saudáveis, mas, os refrigerantes também podem ser distribuídos, com moderação.

As festas infantis são para as crianças, portanto, bebidas alcoólicas estão fora do cardápio. A brincadeira pode ficar também por conta das cores dos líquidos, ou formas dos canudos e copos. Quanto mais visual e lúdico, mais infantil e divertido será a festa.

Detalhes que fazem a diferença

As lembranças para os convidados pode ser um detalhe, no entorno da decoração, recepção, atrações e quitutes. Mas, é o item que faz a diferença, quando o assunto é relembrar da festa. As lembrancinhas devem remeter ao assunto da festa e que também deem um toque de diversão para os convidados.

Opte por acessórios modernos e lúdicos, ou escolha por lembranças para os adultos e crianças. Os itens para os adultos podem ser mais discretos. Outra dica é a de apostar em lembrancinhas de potes de doces que agrada os dois públicos e sempre são recebidas com elogios.

Os convites de aniversário também podem parecer detalhes, mas são o cartão de visitas da festa. Neles deve conter as dicas de como será a festa e quais serão as atrações da comemoração. No caso de festas à fantasia, sempre deixe o toque de como será o figurino do anfitrião. Nas festas temáticas também é indicado deixar pistas da decoração que ambientará a celebração.

Chame todo mundo para sua festa de aniversário infantil

As festas infantis são ótimas para rever os familiares e aproximar os amigos. São celebrações que permitem mais alegria dos convidados e desenvoltura do público. Aposte nos brinquedos, decorações coloridas e convites estratégicos, pois desta maneira a festa de aniversário será um sucesso.

Espero que tenha gostado de nossas dicas de como fazer uma festa de aniversário infantil. Deixe suas sugestões nos comentários.

Como fazer uma festa de aniversário de 18 anos

Como fazer uma festa de aniversário de 18 anos

Como fazer uma festa de aniversário de 18 anos / Flickr

A maior idade é um passo para quem busca a liberdade, enquanto pessoa e cidadão. Além de ter a permissão para poder exercer o seu papel na sociedade, o aniversariante ao atingir 18 anos também recebe uma nova direção, afinal é a época em que deixa-se o colégio, adolescência e inicia-se a vida adulta.

Para alguns, a data deve ser comemorada com estilo, para marcar a época. Muitas vezes, as festas de 18 são comparadas às celebrações de 15 anos. O sentido de evolução pessoal pode ser semelhante, mas os itens e preocupações se diferem uns dos outros.

Ao chegar próximo à data, o aniversariante deve planejar como quer que a comemoração seja, qual formato e quantas pessoas quer que comemore junto a ele. O tópico é o mais importante para celebrar de maneira adequada, sem desperdícios, ou sem que alguém fique de fora da confraternização.

Existem duas possibilidades para começar a planejar o aniversário: grandes comemorações e pequenas celebrações. As festas maiores exigem locais externos como salões e buffets. Já os eventos menores podem ser celebrados na própria residência, ou em casas noturnas, bares, baladas. No caso de grandes festas, o aniversariante deve pensar em temas diferentes para a celebração.

A festa de 18 anos, normalmente, é comemorada em bares, baladas, mas se o aniversariante quiser celebrar em um salão terá que trazer um diferencial para o público. Pense, por exemplo, em uma atração especial. Veja a cotação de preço de bandas, cantores, ou DJs que tragam maior destaque para a confraternização.

Desta maneira, a festa pode tomar um rumo maior e se tornar um evento aberto para todos, por exemplo. Já é uma possibilidade de empreendimento com apenas 18 anos, já pensou nisso?! Caso a comemoração seja grande, mas também exclusiva para amigos, uma celebração temática também é uma boa pedida.

Busque ver no calendário qual é o clima que abrigará a data do aniversário e aposte em um tema forte que possa entrar em harmonia com a estação em destaque. Por exemplo, se a festa cair em junho, aposte na tradicional festa junina; em fevereiro ou março, carnaval e assim por diante.

As celebrações à fantasia também podem se encaixar nas comemorações de 18 anos. Será divertido reunir os amigos para uma contraternização caracterizada. A dica é para o anfitrião que gosta de exibir a criatividade e deixa a timidez de lado, quando o assunto são os eventos.

As celebrações em casa também dão a possibilidade de uma festa à fantasia, mas também é possível arriscar em festas direcionadas como verduradas, churrascadas, etc. Dependendo da opção nutricional do público, a confraternização dá a possibilidade de ser mais simples, prática e deixa os amigos mais a vontade. As festas comuns são bem-vindas, mas sempre lembre-se de que um tema específico atrai os amigos e também traz mais motivação no decorrer da confraternização.

Os convites da comemoração também devem carregar um clima moderno. No caso dos chamados em papel, escolha aquele item que vá traduzir a personalidade do aniversariante e o diferencial da festa. Como é uma celebração de aniversário, reforce a convocação, sempre. Caso o anfitrião opte pelos eletrônicos, também existem versões ideais para as festas de 18 anos.

O bolo pode ser simples e que também divertido. Não que as opções extravagantes estejam descartadas, mas o ideal é que o doce traga para a festa uma representação de maturidade e diversão. A brincadeira pode ficar por conta das velas e quitutes ao redor.

Como fazer uma grande festa de aniversário de 18 anos

Além de trazer uma atração principal, o anfitrião deve pensar em todos os detalhes da festa. Em primeiro lugar, busque saber se o local do aniversário está em harmonia com a temática, ou show sugerido para os convidados. Em ambientes abertos estão incluídas as possibilidades de atrações que causam maiores impactos e sons.

Nos locais fechados são sugeridas as opções mais tranquilas, o que não descarta a possibilidade de apostar em atrações intensas. A diferença entre as duas escolhas também está na comodidade, pois um local fechado permite aos convidados mais ambientes, mesas, cadeiras e banheiros, do que os locais fechados.

A decisão para chamar um público grande também exigirá do anfitrião maior acompanhamento na entrada e saída dos convidados. Também é interessante apostar nas pulseiras indicativas para dividir menores de maiores de idades, convidados, familiares e staff. Caso as considerações sejam levadas para a festa, a possibilidade de penetras, situações de risco e desconforto podem diminuir.

As bebidas e comidas devem ser acordadas com profissionais especializados.
O interessante, em uma festa clássica, é de apostar em salgados e doces tradicionais. Lembre-se que, nessas horas, menos possibilidades aumentam as chances de agradar a maioria dos amigos.

As bebidas, devidamente oferecidas para maiores de idade, podem brincar com a temática, entre cores e sabores. Uma dica é a de apostar em um drink exclusivo e dar o nome do anfitrião na opção.

Existem profissionais que elaboram drinks em formatos de gelatinas, chamados moleculares. A criatividade pode ser uma aposta, pois permite ao profissional que realize opções personalizadas, com formatos e letras diferentes.

As lembranças também devem ser pensadas no planejamento. Escolha as opções que não ultrapassem a linha da maior idade do aniversariante. O interessante é brincar com a passagem de adolescente para adulto, ou seja, busque por itens discretos.

Para animar a festa, o anfitrião pode também distribuir itens que tenham a ver com o tema das músicas tocadas no ambiente, ou com a temática da própria celebração. Deste modo, os convidados se sentirão mais descontraídos e íntimos das festas.

Também é necessário planejar os tipos de ambientes da festa. Caso seja um local único, providencie estratégias para os convidados se acomodarem. No caso contrário, divida a região entre uam área para aproveitar a música e outra para sentar.

Nas festas maiores também será necessário entrar em parceria com equipes de filmagens e fotos. Como já dissemos anteriormente: de nada vale aproveitar uma festa, sem um registro para relembrar. Contratar profissionais que se dediquem à função, descarta o cargo do familiares e anfitrião.

A decoração do ambiente deve entrar em harmonia com a proposta da confraternização. Em festas temáticas é permitido carregar dos itens ao redor do salão, já as comemorações com atrações principais exigem mais discrição do local para mostrar qual é o propósito da celebração.

Como fazer uma pequena festa de aniversário de 18 anos

Bolo da festa de aniversário de 18 anos

Bolo da festa de aniversário de 18 anos / Flickr

Comemorar em casa ajuda a economizar no bolso e também a trazer proximidade aos amigos. A opção de fazer aniversário na residência pode permitir ao anfitrião que busque por itens discretos e que tragam a mesma diversão de uma comemoração maior.

Além de definir o tipo da festa, o aniversariante deve ficar atento a quantidade de comida e bebida que devem ser investidos. Pense sempre em volumes extras que descartem a possibilidade de faltar opções aos convidados.

A decoração também pode ser discreta, já que a própria casa possui objetos ao redor. E outro detalhe: preze a segurança dos amigos e deixe fora do alcance dos convidados e crianças objetos que possam trazer algum perigo à pessoa.

Estipule o número do público para providenciar cadeira, mesas e mais conforto. Uma dica que aumenta o espaço do ambiente é apostar nos pufes que abrigam mais de uma pessoa e podem ser levados, sem barulhos. A música escolhida deve ser um ritmo ambiente, pois comemorações em casa exigem mais conversa e menos movimentação.

As festas em casa podem ser registradas pela própria família. Eleja um membro que ficará responsável pelas filmagens e fotos para que assim, evite confusões futuras. Ao longo da celebração, a pessoa pode revezar com outro indivíduo e desta maneira, todos os convidados acabam participando da festa.

Os doces e aperitivos também podem ser caseiros, caso o número de pessoas seja menor. Faça um mutirão de amigos e familiares e traga todo mundo para ajudar a levantar a decoração e elaborar o cardápio. Quanto maior a proximidade, melhor ficará a festa.

Já as celebrações em bares, barzinhos ou baladas, exigem do anfitrião a escolha do local, reserva e convite. Opte sempre por ambientes que permitam a interação de todos, tenha segurança, conforto, de fácil acesso e que ao final, cada convidado tenha os custos do que propriamente se serviu. Desta maneira, todo mundo volta feliz para relembrar os 18 anos que só acontecem uma vez na vida de uma pessoa.

Aprendeu como fazer uma festa de aniversário de 18 anos?

Monte sua lista agora, converse com seus pais e já comece a planejar os tão sonhados 18 anos para ser um cidadão maior de idade e também começa a vida adulta com o pé direito. Aproveite!

Como fazer uma festa de 15 anos

Como fazer uma festa de 15 anos

Como fazer uma festa de 15 anos / Flickr

Os 15 anos de uma garota é um dos momentos mais especiais da adolescência. Vamos aprender como fazer uma festa de 15 anos. Algumas debutantes preferem uma viagem, ou um presente maior, mas ainda existem aquelas adolescentes que querem marcar com a história pessoal da menina.

Para conseguir entender a importância de um aniversário de 15 anos, é interessante reforçar a ideia inicial da comemoração das debutantes. A confraternização tem origem dos reinos europeus. Os pais das debutantes mostravam para a sociedade nobre suas filhas, no momento em que as meninas completavam a idade, em uma festa para reforçar a ideia de que as aniversariantes se tornaram mulheres.

Por isso, após a tradição ocidental se espalhar para os demais países, prevalece o significado forte, mesmo que desconhecido, para as debutantes e família. O baile de 15 anos é a passagem da infância para o princípio da vida adulta, portanto, deve ser celebrada de um modo diferente.

Atualmente, as festas de debutantes são flexíveis para abraçar todos os ambientes e temáticas. Não existe uma regra para um local correto de comemorar os 15 anos, desde que seja uma confraternização diferente das demais. Existem comemorações tradicionais, havaianas, à fantasia, em castelos, salões, em casa, na praia… Enfim, criatividade é o que não falta!

O ambiente da comemoração deve ser pensado com base na personalidade da garota, clima da festa e convidados. Deve ser uma confraternização e local onde todos se sintam confortáveis. Existem meninas que preferem opções clássicas, mas há também as garotas que querem comemorações incomuns.

Como o leque de opções é abrangente, fica mais difícil saber por onde começar a organizar a comemoração. Entretanto, o ponto em comum de todas as festas é a sequência de atrações dos eventos: recepção de convidados, valsa e festa. Partir deste princípio deixa as outras opções mais fáceis de serem diagnosticadas.

Outro ponto que deve ser destacado para as festas de 15 anos é o orçamento planejado para a comemoração. Saiba que existem pais dispostos a gastar R$ 20 mil, como há aqueles que querem investir R$ 7 mil. Um fato deve ser pre-estabelecido: uma confraternização de debutante sempre terá um gosto salgado para os bolsos, pois requer mais detalhes e opções que outras festas.

São fatores que devem ser acordados entre os pais e a própria debutante, para conseguir chegar na data de aniversário com uma comemoração que seja a cara da garota, dentro do bolso dos pais. A menina, aos 14 e 15 anos, já tem uma percepção melhor do mundo e consegue diagnosticar o que se enquadra melhor do orçamento da família e para si. Uma conversa franca ajudará a evitar transtornos no futuro.

Festa de 15 anos – Por onde começar?

Após decidir o tema e local, a anfitriã e os pais devem pensar nos convidados especiais. A debutante tem o baile tradicional de valsa com o progenitor, ou responsável escolhido, e depois com o príncipe, a quem a aniversariante atributa valores emocionais. Durante a dança, 15 casais (chamados de “madrinhas” e “padrinhos”) dançam também ao redor da aniversariante. São pessoas escolhidas a dedo e que fazem parte da história da menina.

Os convidados especiais (familiares, madrinhas, padrinhos, etc) devem saber com antecedência da festa, do que o público comum. O cuidado é necessário, no caso dos casais que vão acompanhar a menina na valsa, pois são pessoas deverão estar trajadas com peças predeterminadas pela anfitriã, fora os ensaios da valsa que também são planejados com precedência.

Os padrinhos devem usar roupas que estejam em harmonia com os trajes da aniversariante. É importante deixar claro que os convidados são especiais, mas que é a debutante o destaque da noite. Portanto, nada de cores chamativas e muitos detalhes. Não esqueça que se trata de adolescentes e, como jovens, menos nas peças é mais.

Os convidados especiais devem ser chamados com um a dois meses de antecedência. Os pais devem planejar as datas de ensaio da valsa, lembranças exclusivas para os padrinhos e madrinhas, aluguéis de roupas e transporte para a garotada.

São detalhes que parecem exageros, mas são fundamentais. A festa pode ser para que a debutante seja o destaque, mas não deixa de ser um evento onde os convidados devem ter o melhor conforto possível, ainda mais se forem especiais. O transporte pode variar de uma limusine, van, ou até mesmo um intervalo de caronas.

As roupas dos convidados especiais e da debutante devem entrar em harmonia, por isso geralmente são pre-estabelecidos por tecido e cores. Uma ideia para quem vai investir na comemoração tradicional é o de entrar em parceria com as lojas especializadas em trajes de festas e social.

Desta maneira é possível evitar que alguém fique de fora, ou por fora do assunto, e que também saia mais barato para todos os bolsos. Normalmente é uma opção escolhida pelos pais em acordo com os responsáveis dos padrinhos e madrinhas.

Convidados, roupas, tema e ambientes definidos, chegou a hora dos quitutes serem pensados. A primeira dúvida que segue é “devem servir bebidas alcoólicas, ou não?”. Bom, de acordo com a lei 1328/02, está proibido o fornecimento de artigos alcoólicos a menores. Além de ser contra a legislação, é uma atitude que pode alimentar vícios e prejudicar a saúde dos menores.

Entretanto, a festa de 15 anos não é uma comemoração exclusiva de adolescentes, pois os adultos também se mostram presentes no evento. O impasse deve ser decidido exclusivamente pelos pais, dados aos valores e princípios da própria família.

A sugestão, neste caso, é a de liberar a circulação de bebidas alcoólicas, mas oferecidas diretamente pelos garçons apenas para os adultos. Os maiores de idade podem ser separados dos menores por mesas, ou pulseira de cores indicativas, entregues na recepção. A medida é preventiva, mas não vai garantir que o menor consuma indiretamente álcool na festa.

As comidas podem variar também, desde os salgados tradicionais até as opções mais características. São escolhas que variam com o tema da festa. Os docinhos do evento levam a mesma regra.

O bolo também é um dos detalhes principais da comemoração de 15 anos, pois nele pode representar toda a história da festa. Vale também brincar com as velas acima do doce e investir nos itens personalizados com bonecos, ou números.

O convite também é o ponto principal de toda a comemoração. A partir do acessório que os convidados terão a noção certa de como será a festa. Planeje itens que tragam a figura da debutante, ou sejam impactantes para marcar a data na memória de quem for chamado.

Festa de 15 anos - O vestido

Vale lembrar que a debutante pode fazer uma troca de roupas. O tradicional é ter duas vestimentas, mas as adaptações podem permitir que a debutante troque até quatro vezes de figurino.

A peça é fundamental para caracterizar como a adolescente se vê representada e como quer ser vista pelos convidados. Novamente, não existe uma regra para as roupas das debutantes, mas tem a possibilidade de se basear em um padrão, para conseguir entender melhor o momento de cada vestido e intenção de cada vestimenta.

Na recepção dos convidados, a debutante pode optar por roupas simples e neutras. As peças devem ser confortáveis, pois a garota vai se movimentar para receber o público. O momento da valsa permite uma peça mais efusiva, enquanto a vestimenta da festa final permite roupas mais ousadas, claro, sem perder o toque de debutante.

Festa de 15 anos - Homenagens

Os aniversários de 15 anos também têm como característica ficarem marcados pelas homenagens às debutantes. São tributos que podem vir desde um namorado, amigos próximos, ou familiares.

O modo como as homenagens serão feitas, assim como quem as realizará, é indiferente, mas é necessário criar uma ordem e cronologia para que tudo sai em harmonia.

A dica é intercalar a celebração da valsa, homenagens e parabéns. A sequência é clássica e tem tudo para dar certo. Também é extremamente importante que os pais estejam por dentro dos tributos, ajudem a desenvolver as performances e que mantenham em segredo cada surpresa. É interessante traçar uma estratégia com a equipe de staff, pois desta forma a sequência terá mais chances e dar certo ao decorrer da festa.

O caderno, ou mural de recados deve ganhar um destaque na recepção do ambiente, ou em um local que seja visível, de fácil acesso e escrita para os convidados. O item é importante para marcar os votos dos colegas para a debutante.

Um registro para a festa também é primordial. De nada realizar uma festa concentrada, se faltar as lembranças fotográficas e em vídeos. Interessante neste caso, também, é contratar uma equipe que fique focada apenas nas imagens, o que descarta a possibilidade de parentes e pais se preocuparem com a função.

Festa de 15 anos - Lembranças, acessórios e música

Outros detalhes que ficam marcados na memória dos convidados são as lembranças entregues no final da festa. Os itens podem variar, mas devem estar em harmonia com a temática da confraternização.

Além das lembranças, os convidados podem receber itens ao longo da festa como óculos divertidos, plumas, chinelos (para as meninas que não estão acostumadas ao salto), para caracterizar cada momento da confraternização. Trata-se de uma festa longa e cheia de detalhes, portanto, quanto mais surpresas, mais leve e agradável fica o clima no ambiente.

Será necessário pensar em locais que abriguem os convidados sentados, mas que também tenham espaço para dançar. Os acontecimentos são variados nas festas de debutante, como o baile, valsa, homenagens, etc. A maior parte do público é jovem, ou seja, a maioria ficará em movimentação.

Por isso, é interessante planejar um ambiente onde priorize a movimentação, do que ressaltar os locais onde os convidados vão se sentar. A música deve ser planejada para criar uma história linear, junto com a debutante. O DJ oficial terá que planejar uma ordem de músicas lentas até as mais agitadas.

Festa de 15 anos - Planeje!

O segredo maior da festa de 15 anos com sucesso é o planejamento dos pais e acordo com as debutantes. A data é única para a garota e se for para investir, aposte nos melhores itens, com antecedência para evitar possíveis imprevistos. Procure por profissionais especializados na área, atualmente existem muitas agências de festas voltadas apenas para confraternizações de debutantes. Invista!

Como fazer uma festa infantil fazendinha

Quer aprender como fazer uma festa infantil fazendinha? As festas infantis devem ter uma temática atrativa para as crianças, pois o público mais jovem tende a querer novidades e buscam por atrações dinâmicas. Caso o aniversário do filho esteja próximo, a dica é apostar na comemoração de tema de fazendinha.

A dica serve para aproveitar o clima de festa junina e investir na temática de fazenda, com detalhes rurais. A iniciativa é válida para crianças até 7 anos, momento o qual os pais têm maior autonomia para administrar as temáticas das festas. A celebração poder ser aberta, ou seja, abriga familiares, crianças e adultos.

Como fazer uma festa infantil fazendinha

Como fazer uma festa infantil fazendinha

A intenção é de fazenda e como a festa junina ocorre no mês de junho, o ideal é aproveita os tempos frios para apostar do tipo de comemoração.

Festa Infantil Fazendinha – Passo a Passo

O ambiente da festa fazendinha deve ser o principal ponto para a organização da celebração. A comemoração exige da decoração, portanto, o local deve ser amplo e que proporcione também o clima de fazenda para as crianças.

Se for possível, cote o preço de aluguel de sítios, ou veja se há possibilidades de aproveitar a chácara de algum de seus próximos para assim, unir a família, e quem sabe desenvolver uma festa maior e homogênea.

No caso de casas com jardins, aproveitar o espaço também pode ser uma opção para realizar a festa. Lembre-se de que as festas infantis promovem o ambiente familiar, de união. Busque sempre ambientar a celebração em locais que estabeleçam a relação próxima dos convidados com os pais e anfitriões.

As atrações também variam de acordo com a idade da criança. Menores de 0 até 3 anos vão exigir de brinquedos lúdicos e que possam ter o auxílio de responsáveis que os acompanhem durante a trajetória toda da diversão. Ao contrário das crianças maiores de 3 anos que estarão mais atraídas por brinquedos que explorem a ação.

Outra dica, para os pais – ao escolherem o local e atrações -, é a preocupação com o suporte dos menores. Vale reforçar que a festa infantil tem maiores chances de ter convidados que ainda estão em fase de amamentação. Portanto, busque locais que ofereçam uma estrutura de fraldário e espaços que possibilitem as mães amamentarem seus filhos.

Festa Infantil Fazendinha - Decoração e comida

O segundo ponto da festa – e que será a atração principal da comemoração – é a decoração. A festa fazendinha é uma celebração mais detalhista, que exige mais criatividades e objetos. Abuse de pelúcias de animais como vacas, bois, etc. Espalhe pelo ambiente para dar o aspecto de fazenda.

A temática de animais pode ficar espalhada, não só ao redor, mas também pode permanecer presente nos bolos e lembranças. Escolha uma junção de diferentes desenhos de animais e invista em itens de bisquí, por exemplo, que possibilitam os diferentes formatos nos aperitivos. Busque por profissionais especializados em doces que possam desenvolver comidas com temáticas harmoniosas ao local.

Outra dica simples de decoração para comemorações de tema fazendinha infantil é a de investir nas palhas finas. Normalmente, os itens são vendidos em lojas de artigos para festas, economias e podem ser utilizadas em abundância, já que rementem ao estilo rural.

A intenção é decorar o ambiente suavemente com as palhas finas. Aposte na decoração para a mesa de recepção e de convidados. O item também pode incrementar o convite, sem exageros, com um fio de palha fina, ou até mesmo próximo aos brinquedos, ao redor do ambiente também.

As bexigas do local devem ser coloridas, porém simples. Opte pelos balões tradicionais. A dica vale para evitar o visual sobrecarregado no local. Uma festa infantil deve prezar as cores claras e, ao mesmo tempo que lúdico, deve ser um ambiente livre e com espaço para as crianças se locomoverem, assim como os demais convidados.

Caso a comemoração seja em ambiente fechado, escolha por balões que cubram o teto. Desta maneira, o ambiente permanece com espaço, claro, mas ao mesmo tempo, colorido e convidativo para os adultos e crianças.

O xadrez deve predominar nas estampas das toalhas de mesa, tanto dos convidados, quanto do bolo. A estampa remete ao cenário de fazenda e pode ser variado entre as cores azul e vermelho. Uma dica divertida também é a de sugerir aos convidados que também venham no estilo fazenda, de botas, camisas estampadas e chapéus.

Lembrancinhas e quitutes para festa infantil fazendinha

Lembrancinhas e quitutes para festa infantil fazendinha

Os quitutes também devem levar um toque de decoração. A comida deve ser mais puxada para o lado rural, por isso, abuse de brigadeiros em colher, doces de leite, geleias, paçocas, quitutes derivados do leite, do milho, etc.

As opções podem ser embaladas com pedaços de xadrez, ou mesmo envolvidos pela palha fina que dará maior sensação rural no ambiente.Os brinquedos podem ser tradicionais. Caso seja uma festa em casa, ou sítio, lembre-se de prezar pela segurança das crianças e deixar todos os objetos que possam causar riscos à saúde e podem ferir, longe do alcance dos menores.

Promova uma competição entre pais e filhos. A iniciativa funcionará mais ainda, se o local foi grande. Ou mesmo, elabore uma caça ao tesouro, ou uma gincana de equipes. As festas infantis costumam ser mais agitadas e carecem de mais ação.

As bebidas devem descartar a possibilidade de ingestão alcoólica, levando em consideração que trata-se de uma celebração infantil. Os refrigerantes e sucos serão bem-vindos. Sempre busque por opções naturais, quanto menos itens artificiais, melhor será para a saúde dos menores.

Festa Infantil Fazendinha – Música

O fundo sonoro da festa pode ser explorado de temas infantis e músicas dançantes. Trata-se de uma comemoração com a família, logo, são celebrações que pedem músicas animadas, mas que não compitam com as atrações como brincadeiras e brinquedos instalados no local.

O ideal é procurar por melodias infantis. Caso a criança tenha autonomia maior de escolha (a partir dos 5 anos), é possível descobrir a partir do próprio aniversariante como será a trilha sonora ideal para a festa.

Festa Infantil Fazendinha – Comece a sua!

Vale reforçar o fato de que após convidar todos os amigos e familiares, vale retomar o contato para confirmar a presença de todos. Quanto mais organizado e próximo, melhor será acima do ambiente. As festas infantis normalmente exigem maior planejamento de convidados, lembranças, atrações e brincadeiras.

Por isso, separe dois meses para se dedicar à celebração e comemorar a data de aniversário do seu filho com estilo, botas, chapéus e muita brincadeira!

Espero que você tenha gostado das dicas para fazer sua festa infantil fazendinha!

Como fazer festa infantil à fantasia

Como fazer festa infantil à fantasia

Como fazer festa infantil à fantasia / Flickr

Vamos aprender como fazer uma festa infantil à fantasia. A dica vai para que quer animar a festa de aniversário dos filhos e juntar os amigos para uma boa diversão. As comemorações à fantasia infantis podem ser interessante, tanto para os pais, quanto para as crianças, basta usar a criatividade!

O ideal, no caso das festas à fantasia para crianças, é definir se os pais devem ser chamados, ou se a comemoração é voltada apenas para o público infantil. O critério é principal para o desenrolar da organização e estratégias de entretenimento da confraternização. No caso de um evento com adultos, as opções de divertimento devem agradar um público que pode variar de 3 a 60 anos, por exemplo.

Uma sugestão para decidir se os pais devem ser convidados para a festa é se basear pela faixa etária geral das crianças. Para o público que varia de 3 a 6 anos é interessante levar em consideração os adultos, já que os convidados dependem diretamente dos pais.

As crianças de 6 a 9 anos são maiores, portanto com maiores poderes cognitivos para darem seguimento a festa por contra própria. Mas, é uma decisão em que os pais devem pensar seriamente: o público será responsabilidade total dos anfitriões.

No caso de uma festa à fantasia com adultos, as sugestões de fantasias podem brincar com as memórias dos pais. Desta maneira, os progenitores se sentirão também próximos da comemoração e desde o início podem fazer parte da comemoração. Um exemplo é apostar em eventos temáticos de anos 60.

Caso o foco seja as crianças – uma festa sem adultos -, o interessante é conversar com o próprio filho para entender como a confraternização pode ser comemorada. Para escolher um tema, por exemplo, ambas as partes devem entrar em comum acordo, onde o anfitrião se sinta representado e os pais também possam fazer parte da brincadeira.

Outra dica, para as comemorações infantis sem adultos é a de investir em temas que levem destaquem personagens de desenho animados, de filmes, ou ícones da música pop. Nada mais atual do que as próprias crianças para saber quais são os nomes fortes, dentro do universo infantil.

Outra questão importante é a segurança. Antes de qualquer escolha de local, analise como as crianças ficarão no salão e onde pode ser a zona de perigo do ambiente. Fique sempre em alerta para prevenir acidentes. Por mais que os pais possam entrar na brincadeira, o ideal na comemoração é que os adultos prezem pelo conforto e diversão dos filhos.

Festa infantil à fantasia - Comes e bebes

Na festa infantil, mesmo com adultos, é indicado evitar a circulação de bebidas alcoólicas. Mas, como a comemoração é para as crianças, está liberado o abuso de alimentos coloridos que tragam ideias lúdicas aos pequenos. Por exemplo, uma confraternização havaiana deve ter alimentos que puxem para as cores alaranjadas, verdes, vermelhas, que dão a sensação de ambiente tropical. Já um evento à fantasia livre, quanto mais tons diversificados, melhor e mais alegre fica o ambiente.

Se for possível, mescle a alimentação saudável com os atrativos lúdicos nas comidas. Solte a criatividade e brinque com o formato de pães, doces e até mesmo o bolo. Uma dica interessante é apostar nos pratos comestíveis, feitos de casquinha de sorvete, que ajudam a diminuir o volume de utensílios e são saborosos.

Outra opção de chamar mais atenção para os aperitivos é a de aproveitar as fôrmas e guardanapos que envolvem as comidas para usar itens característicos. Se for possível, invista em opções que levem como estampa o tema sugerido nas fantasias, ou cores que remetam à temática.

Também não poderão ficar de fora os clássicos beijinhos, cajuzinhos e brigadeiros. O interessante, para os pais que querem fugir da mesmice, é buscar por doces de diferentes sabores e cores. Em datas como a do Dia das Bruxas, apostar nos quitutes escuros, ou de tons puxados para o roxo são perfeitos para a ocasião.

Festa infantil à fantasia - Fantasias

Festa infantil à fantasia

Festa infantil à fantasia / Flickr

O incentivo para as crianças irem caracterizadas pode ser um concurso de fantasias. O prêmio pode ser itens simples, ou até mesmo medalhas e troféus. São componentes que são adquiridos em lojas de artigos esportivos e que não têm custo elevado.

O estímulo pode ser dividido em modalidades, ou até mesmo e torneios de fantasias divididos durante a comemoração. A brincadeira é indicada para os pequenos acima de 6 anos que vão saber lidar com a competitividade e valor da premiação. Porém, a ideia não está descartada nas comemorações com crianças menores.

O truque de colocar dicas no convite sobre a fantasia do anfitrião também é válido. Os pais convidados precisam estar cientes de que tipos de festa vão e qual será a vestimenta de quem os convida, para evitar constrangimentos. Parece ser uma tarefa difícil, pois o diferencial da confraternização também está na surpresa da roupa que criança de destaque irá usar.

Também aposte nas lojas especializadas em artigos de festas para ajudar os convidados a escolherem suas respectivas fantasias. Vale reforçar de que o público deve se sentir parte da comemoração, antes que a confraternização chegue. Indicar um local para a pessoa buscar um figurino é mostrar que o anfitrião se importa com a presença do convidado.

Além disso, é possível entrar em parceria com os estabelecimentos de artigos de festas e conseguir até um desconto para as fantasias dos pais, anfitrião e convidados.

Festa infantil à fantasia - Decoração

Uma boa festa infantil deve ter os balões como itens decorativos principais do evento. As cores fazem parte da peça-chave para a comemoração para crianças. Em uma confraternização à fantasia livre, os itens são mais importantes ainda, afinal, quanto mais colorido e harmonioso o ambiente, melhor será o resultado.

Baseados na escolha do ambiente, os pais podem investir em brinquedos para as crianças. A festa fica mais interessante e dinâmica para os pequenos. Optar por comemorações em buffets infantis também é uma saída, pois são locais planejados para os menores e que também abrigam opções de diversão.

Caso a festa à fantasia seja caseira, é importante que os pais fiquem atento às mesas e cadeiras que devem ser de alcance para as crianças. Sempre lembre que é uma comemoração para os menores, não para os adultos. Facas, garfos, etc, devem ser sem ponta, para evitar acidentes. Deixe artigos que possam apresentar perigo fora do alcance dos pequenos.

As bexigas podem estar misturadas entre os tipos metalizados, comuns e personalizados. Caso a festa seja temática, aposte em artigos que remetam a ideia do tema do evento, como óculos, flores, etc. Aposte também nas máscaras e plumas e lembranças, principalmente se os adultos forem convidados.

As toalhas de TNT também são indicadas para as festas infantis. Procure por tecidos e itens que possam ser tocados várias vezes, sem que os pais precisem se preocupar com o dia seguinte. Ou seja, nada de usar a louça de herança, ou o melhor jogo de toalhas. Use sempre itens coloridos e descartáveis.

Já a música pode variar entre os ritmos agitados até os mais calmos. A censura tem que variar com a faixa etária escolhida. Mais uma vez: é uma festa para os pequenos, não para os pais.

Então…

Para fazer uma festa à fantasia para as crianças não tem segredo. O truque é abusar das cores, soltar a criatividade e utilizar um tema chave para que os pequenos se prendam ao foco da festa. E claro, segurança e diversão em primeiro lugar. Mãos à obra!

Como fazer uma festa junina

Como fazer uma festa junina? Quentão, paçoca, barraca do beijo, gincanas, convidados… A festa junina é uma das celebrações que exige de detalhes e quitutes, como nenhuma outra antes precisaria. Além dos convidados, os anfitriões devem planejar a estrutura, atrações e de ambiente da celebração, minuciosamente.

Passo a Passo de como fazer uma festa junina

Como fazer uma festa junina

Como fazer uma festa junina

A primeira preocupação é a de saber como que os anfitriões querem que a Festa Junina seja conduzida. As celebrações, em geral, são dívidas em duas: amplas e restritas. As comemorações grandes dependem de locações também maiores, assim como os eventos menores favorecem os ambientes mais simples.

No caso de festas juninas grandes, o quesito “convidado” entra em segundo lugar na lista de prioridade dos anfitriões. O público deve ser definido, para assim estabelecer as atrações da comemoração. Só desta maneira que será possível realizar um evento homogêneo, sem desfoque em nenhum momento.

As celebrações para jovens (18 – 25 anos) são voltadas para um público que tem outras intenções, do que as crianças (6 a 10 anos), e mais diferentes ainda do que os menores (0 a 5 anos). Essa seleção de pessoas é importante também para o desenrolar da música e de quitutes que serão servidos, pois para cada fase a prioridade de consumo e diversão muda, também.

Uma comemoração em alta escala, para jovens, pode ser uma festa que tenha menos atrações e mais músicas. São celebrações que os anfitriões devem levar em consideração o controle do consumo de bebidas alcoólicas e também os limites que o público pode atingir. Por isso, é mais importante ainda descobrir quais são as pessoas que frequentarão o evento.

Já uma festa para as crianças, deve ser uma comemoração junina que explore mais o universo de ação dos convidados. As atrações principais para o público devem ser as gincanas típicas da época (tradicionais “cadeia”, correio elegante”, barraca do beijo”, etc). Neste caso, as bebidas alcoólicas devem estar fora de cogitação para a garotada, portanto, invista das versões sem álcool das bebidas típicas e aposte nos sucos e refrigerantes.

As comemorações para os menores podem ser abusivas de doces – sem bebidas alcoólicas -, mas que zelem o ambiente familiar. Afinal, é um público onde os responsáveis ainda estão diretamente presentes dos filhos, pois são crianças sem autonomia completa. Por isso, promova atrações leves e que tragam interações entre adultos e crianças.

Festa Junina – Segurança e planejamento

Dos 0 aos 14 anos, as preocupações de segurança sempre devem ser mantidas em consideração. Ou seja, deixe sempre longe de alcance das crianças os objetos que possam apresentar algum perigo para os menores.

As festas grandes devem ter um planejamento de local também. Como trata-se de uma Festa Junina, os anfitriões devem promover um evento que tenha espaço para as comemorações tradicionais, mas que também dê conforto aos convidados. Lembre-se de que junho e julho são meses que abrigam as estações mais frias do ano, ou seja, se for possível também elabore uma fogueira, ou lareira para os recepcionados.

Sítios, chácaras, espaços abertos são boas opções para a concentração de diferentes Festas Juninas em alta escala. São celebrações para o número mínimo de 100 convidados. Por isso, o ambiente deve ser grande e que tenha diferentes atrações.

As comemorações menores também dependem de um planejamento baseado no público, mas a diferença é que permitem uma celebração residencial. Como o máximo de convidados são 100 pessoas, a celebração permite, dependendo da casa, acomodar o público sem exceder o limite.

Celebrações modestas permitem a exploração de menos brincadeiras e mais gastronomia. Portanto, aposte nos quitutes típicos e faça uma mesa bem farta. Caso a residência comporte, promova também brincadeiras e gincanas leves que possam ser exercidas por todos.

Festa Junina – Gastronomia

O ponto forte da Festa Junina é a gastronomia. Independente da proporção da comemoração, o intuito é o mesmo: servir as delícias da época. Como se trata de uma celebração de inverno – momento de pós colheita de verão e que também as pessoas tendem a comer mais -, é natural manter a tradição de celebrar a data com aperitivos pesados e marcantes.

Uma festa junina deve ter paçoca, pratos derivados do milho (pipoca, pamonha, curau, etc.), doce de leite, canjica, quentão, vinho quente, bolo de fubá, entre outros. As delícias podem ser feitas pelos próprios anfitriões – o que torna a festa mais divertida ainda. Como são muitas opções, também existe a possibilidade de dividir entre os convidados quais itens podem ser levados.

A ideia de dividir os aperitivos entre os convidados é uma maneira de economizar e de também aproximar as pessoas. As bebidas – no caso das alcoólicas -, também devem ser de responsabilidade dos anfitriões. Já os liquidos mais leves (sucos e refrigerantes) podem ser recomendadas pelo público.

Também é interessante dividir os aperitivos por tipos e derivados e brincar com a decoração, ambiente e quitutes. Faça uma mesa estendida para que os convidados possam se servir por conta própria, sem exageros e facilmente. Deixe cada item próximo, de acordo com o tipo da comida. Salgados ao lado de salgados; assim leve a regra para os doces.

Festa Junina – Decoração

Como fazer uma festa junina - Decoração

Como fazer uma festa junina – Decoração

A decoração da festa junina deve conter muita palha fina espalhada pelas mesas e ao redor da decoração, bandeirolas e bexigas. A comemoração é característica, por isso dificulta a originalidade do ambiente.

Para quem curte uma celebração discreta, escolher por bandeirinhas de cor escura também é uma opção de deixar um clima menos chamativo. Em compensação, os convidados sentirão falta dos itens típicos de comemoração. Por isso, no caso de festas grandes, escolha ambientes que abriguem a tradicional fogueira, ou uma lareira que a simbolize. Nas opções discretas também é possível investir em papéis coloridos que possam simular as chamas e dar o clima rural no ambiente.

Para os mais criativos, abuse das estampas xadrez nas mesas e lembre-se de que a Festa Junina tem licença para ser uma comemoração chamativa. Brique com o jogo de flores e decore as mesas estampadas com girassóis, ou plantas coloridas.

As bandeirolas podem ser substituídas por cordas de lâmpadas de LED que também criam um ambiente descontraído no local. Não se esqueça de promover as barracas de brincadeiras e de deixa-las bem características.

A decoração também pode começar a partir do convite de festa junina. Escolha as opções simples e que convide a pessoa a vir característica também. Opte por itens que tenham estampas, ou desenhos de chapéus de palhas, para assim a pessoa identificar facilmente o tema da festa.

Festa Junina – Atrações e Músicas

Existem mais de 15 atrações para a comemoração da Festa Junina. As opções estão divididas em barracas e gincanas. Portanto, são divertimentos que devem ser planejados de acordo com o ambiente estabelecido para a diversão.

As gincanas simples (como “dança das cadeiras”, “baile das laranjas”, “pesca”, “correio elegante”, etc.) podem ser executadas em locais menores. São diversões que não exigem de espaço físico maior e que também podem ser executadas por todos os participantes. Aproveite e crie uma estratégia de competição para a brincadeira ficar mais interessante e participativa.

Na competição, os anfitriões podem criar um prêmio aos vencedores, como um quite recheado de doces típicos da época, medalhas, ou troféus. São opções motivadoras e que também tornam-se originais.

Para conseguir elaborar as gincanas, primeiro procure saber quais são os itens essenciais para as brincadeiras. Certifique-se que conseguirá unir todos os componentes necessários para a diversão, antes de anunciar as interações. Estabeleça um limite de pessoas e turnos das atrações, para que desta forma, a festa siga organizada e harmoniosa.

A regra também vale para as barracas atrativas. São diversões que devem ser estabelecidas em ambientes maiores, como sítios, chácaras, etc. Requer um planejamento de aluguel de espaços que possam simular o ambiente de cada atração, além de exigir de voluntários para supervisionar cada brincadeira.

As atrações de barracas (“tenda do beijo”, “derruba latas”, “boliche”, “jogo das argolas”, etc.) também devem seguir um ritmo de programação pre-estabelecido, para que não as brincadeiras conflitem com as gincanas.

Uma dica é concentrar cada atração em um ponto do ambiente da festa. Por exemplo, aperitivos na entrada, gincanas no interior e barracas no exterior do local. Assim, os convidados também terão melhor orientação, durante a festa.

O fundo sonoro da comemoração pode variar também de acordo com o ambiente. Na recepção da celebração, busque por músicas leves que tragam a sensação de menos agitação. Ao contrário, no interior – caso haja um baile, por exemplo – o som deve acompanhar a gincana e também a animação do público. Já o ambiente onde ficam as barracas pode ser acompanhado de temas típicos juninos, como cantigas tradicionais, entre outras.

Festa Junina – Chame os amigos!

Comece agora a planejar a festa! Aproveite que já estamos em junho e já chame os amigos para ajudar na organização. Quanto mais gente para dar uma força, melhor o resultado sairá. Aproveite!

Como fazer uma festa de noivado

Vamos aprender como fazer uma festa de noivado. Para algumas mulheres, o casamento é a data mais marcante, seguida do dia do nascimento dos filhos. A representação da união, continuação da família é importante, mesmo com uma comemoração simbólica, ou festa simples. Tudo começa no pedido de casamento, ou seja, desde a festa de noivado que a sequência deve ser inesquecível.

Por que uma festa de noivado?

A festa de noivado é para oficializar o passo de união mais importante que o casal pode tomar. O ápice da relação pode ser realizado de diferentes formas, embora a maioria dos noivos optem por celebrações reservadas. O momento é de oficializar o casamento, mas não chega a ser um evento aberto de comemorações intensas.

Passo a passo para fazer uma festa de noivado

Como fazer uma festa de noivado

Como fazer uma festa de noivado

O ideal é chamar os amigos próximos em comum dos noivos e dos familiares. Como é uma celebração menor, descarta a possibilidade de comemorações temáticas, ou com decorações chamativas. Para se ter uma noção de quantas pessoas é ideal convidar, o público varia entre 20 a 30 convidados.

Como são poucas pessoas, já que se trata de um momento íntimo do casal e de celebração de votos, as ideais para marcar a data também pode ser discreta. Ao invés de escolher festas tradicionais, ou temáticas, elabore uma celebração que que seja um jantar ou almoço para os íntimos.

As festas modestas tendem a ser mais detalhistas, mas também exigem menos esforços de planejamento para os anfitriões. O ambiente escolhido, como é uma celebração reservada, pode ser em restaurantes, ou na própria residência.

O clima da festa de noivado deve proporcionar união e simplicidade. Normalmente, são festas que são compostas por discursos e observações de destaque, ao longo do dia. Por isso, proporcione um ambiente onde os convidados possam conversar e que ao mesmo tempo, todos estejam unidos.

A tradição do noivado pede aos pais das noivas receberem os convidados que eles próprios chamaram. A intenção é milenar, portanto, nos tempos atuais é possível abrir uma brecha para focar uma comemoração em restaurantes. A ideia é simples, no sentido de que os anfitriões podem ficar despreocupados com a locação, aperitivos e bebidas.

No caso de comemorações em ambientes externos, busque por reservar o espaço com antecedência, já que o número de convidados é excedente, para uma confraternização usual em restaurantes, por exemplo. Pesquise ambientes que tenham atrações de música, para ambientar mais ainda o clima de confraternização.

O restaurante para a festa de noivado escolhido deve estar de comum acordo com as preferências nutricionais dos convidados e noivos. De nada vale chamar os amigos e familiares, se ambos não compartilham dos gostos por comida dos anfitriões. A celebração deve ser comemorada em um ambiente que seja a tradução do casal, mas que também o público se sinta a vontade, sem perder a elegância do noivado.

Lembre-se de que são muitas pessoas no mesmo ambiente, por isso escolha um local com trilha sonora que promova a interação entre as pessoas. O local também deve trazer o clima familiar, já que a celebração é voltada para os noivos, pais e parentes.

Uma dica também é a de buscar restaurantes que tenham uma memória afetiva para o casal e que passe essa sensação para os convidados também. Veja na lista de restaurantes favoritos do casal se não existe um, em comum, que os convidados também não se sintam parte da história do casal.

O quesito também vale para o convite aos escolhidos. Além dos parentes e pais, os noivos buscam convidar amigos que estão ligados diretamente à história do casal, futuros madrinhas e padrinhos do casamento, por exemplo, estão incluídos na lista.

O convite pode ser simples, sem formalidades. Festas íntimas remetem a chamativos modestos, claro, sempre em busca da antecedência de 15 dias antes do evento e também da confirmação do recebimento e ida do convidado para a festa.

Festa de noivado e o grande pedido

Festa de noivado e o grande pedido

As festas em casa podem ser também simples com relação à alimentação. O jantar, ou almoço pode ser preparado em acordo com os pais dos noivos. Pode ser uma maneira divertida de preparar o cardápio, onde ambas as famílias trazem a tradição de culinária que carregam nos respectivos brasões.

A decoração em casa também pode manter o teor minimalista, sem bexigas, ou artigos nas paredes. Uma mesa de toalhas clássica, talheres finos e bebidas escolhidas a dedo, fazem muito mais repercussão do que muitos detalhes, neste caso.

Sobrenome tradição

O casal já optou por seguir a tradição de comemorar o noivado, portanto, alguns detalhes como o brinde com champanhe, após a troca de alianças, discursos dos noivos e pais devem estar incluídos nas atrações. Trata-se de uma festa com teor descontraído, menos informal. Por isso, dispensa ensaios.

Entretanto, deve haver uma sincronia entre os anfitriões e discursistas. Estabeleça uma estratégia para que cada convidado saiba o momento certo para prestar a sua homenagem ao casal. A troca de alianças pode ser realizada anteriormente, em uma celebração apenas para os dois, embora o noivo pode oferecer à noiva a joia durante a comemoração.

A escolha depende, geralmente, do noivo. Como é comum o homem pedir à mão da mulher em casamento, cabe a ele estabelecer uma estratégia. Nestes casos, a festa de noivado pode ser arriscada até como uma celebração surpresa, onde nem mesmo a noiva pode saber que será pedida em casamento. Neste caso, deve haver uma harmonia a sintonia entre os convidados para que todo o trâmite seja realizado, sem acontecimentos inesperados, por parte da mulher.

Para os casais mais extrovertidos, vale também decorar as mesas com detalhes característicos dos noivos. Pense em um detalhe que possa traduzir o casal e aplique em cada mesa, ou ponto que os convidados estarão. As lembranças também devem seguir a mesma regra.

Na festa de noivado, o bolo de noivado é opcional, mas se levado em consideração, deve se também um doce menos chamativo que uma festa tradicional, ou de casamento. Uma opção de três andares é o suficiente. Aposte nas velas personalizadas que também dão um toque modesto e divertido para a celebração.

Dicas finais de como fazer uma festa de noivado

A festa de noivado deve ser um momento de celebração, mas íntimo ao mesmo tempo. Busque uma maneira de recepcionar todos os convidados, oferecer uma refeição principal, seguida de coquetel, pedido de casamento e brinde. São comemorações modestas, pois desta maneira deixam todo o brilho para o casamento dos noivos.

Deixe suas sugestões sobre como fazer uma festa de noivado nos comentários.

Como fazer uma festa em casa

Esta planejando dar uma festa em casa e está sem ideias de como fazer? É simples de aprender como fazer uma festa em casa. Você só precisa seguir algumas dicas para fazer dela um sucesso, não cometer nenhuma gafe e não ter nenhum tipo de dor de cabeça.

As etapas de como fazer uma festa em casa

Como fazer festa em casa

Como fazer festa em casa

O primeiro passo de uma festa em casa é decidir o tema, que pode variar de acordo com a idade do aniversariante ou de quem a está organizando. Logo em seguida, já pense em como você vai fazer o seu convite, opte por algo personalizado e único, essa opção exige imaginação, mas é essencial para trazer a sua personalidade a sua festa. O convite já traz uma previa aos seus convidados de como sua festa vai ser, isso já os deixa ansiosos e na expectativa de uma boa festa. Ponha no convite alguma frase que leve a sua personalidade e traga um elemento mais divertido a ele. A frase pode ser algo simples com “Vou fazer uma festa em casa, venham prestigiar!”

Depois de pensados o tema e o estilo do convite, decida o local da sua festa. Se ela for realizada na sua residência, convide a quantidade de pessoas que sua casa suporta, não extrapole este numero para que o local não sofra danos. Já se a festa for realizada em um condomínio, convide a quantidade de pessoas permitidas pelo salão de festas, isso evita multas e problemas com os outros condôminos. Outra questão é respeitar o horário de silencio, após as 22h, diminua o barulho dos seus convidados, essa dica vale principalmente para aquelas festas que são animadas com DJs ou bandas tocando, se você preferir faça a comemoração em um horário alternativo ou durante o dia, para não ter nenhum tipo de problema com barulho em sua vizinhança ou condomínio.

Dentro do tema, escolha toda a sua decoração. Ela vai variar de acordo, também, com a idade do aniversariante ou daquele que está organizando a festa. Para as festas infantis, um elemento essencial para a decoração são as bexigas e as imagens dos personagens temas espalhadas por todo o local. Já para os adultos as flores sempre são uma ótima pedida, assim como as bexigas, no entanto, estas não podem vir com exagero, devem aparecer em poucos elementos decorativos, e não em arcos, como nas infantis. Para decorar as festas que não são infantis, utilize também de toalhas de mesa ou tecidos ao redor do espaço da festa.

A decoração da festa é um elemento completamente essencial para qualquer evento, ela traz um elemento muito mais bonito para qualquer ambiente e dá uma cara sofisticada para a sua festa em casa, além de personalidade. Mas se você optar em não fazer decoração, não tem problema, o importante é a festa em si, e não o que ela traz de bonito.

Dicas de pratos e bebidas em uma festa em casa

Dicas de pratos e bebidas em uma festa em casa

Vamos pensar nas comidas que serão servidas, para as festas infantis a melhor opção são os salgadinhos, principalmente os tradicionais como a coxinha e a bolinha de queijo. Já para festas de “adultos”, você pode optar por pratos quentes, aqueles que a atendem aos gostos da grande maioria, mesmo que os salgadinhos sejam uma opção mais fácil e pratica. Mesmo que não seja a melhor opção em questão de estética, opte por pratos, talheres e copos descartáveis, por conta da praticidade que eles trazem depois da festa, depois de se divertir durante uma noite toda, você vai agradecer por não ter que lavar a louça no dia seguinte e sim apenas jogar tudo no lixo.

Para as bebidas, compre apenas aquilo que agrade a todos os tipos de gosto, como refrigerante, água, suco e cerveja, para os adultos. Se os seus convidados gostam de alguma outra bebida, como vinho, elas podem marcar presença na sua festa também.

Outra opção é contratar um Buffet especializado em atendimento de festas, eles trazem todas as comidas, bebidas, os pratos, copos e talheres para o seu evento, e te dão menos preocupação neste quesito. Os pratos quentes são uma ótima opção quando empresas especializadas são contratadas, principalmente em questão de praticidade, te dando a possibilidade de fugir dos salgadinhos, do coquetel.

Os doces são importantes para qualquer festa, os doces tradicionais são infalíveis, como o brigadeiro e o beijinho, mas existem confeitarias especializadas em doces para festa. Mesmo se ela não for de aniversario, encomende ou faça um bolo para os seus convidados e principalmente, para você ou para o aniversariante, respeite sempre os gostos do personagem principal do evento. É importante que todos gostem da sua festa, mas é mais ainda se a atração da festa estiver confortável e gostando de tudo.

Não se esqueça de registrar todos os momentos do seu evento, se o seu orçamento permitir, contrate um fotografo para tirar todas as fotos que você não vai conseguir sendo a (o) anfitriã (o) da festa. Falando em orçamento, é importante ressaltar o detalhe de nunca extrapolar o seu, faça a festa dentro do dinheiro que você tem disponível.

Um fator importante, é fazer os seus convidados se divertirem, se houverem crianças entre seus convidados, não se esqueça delas e procure elementos para elas gostarem da festa, como brinquedos infláveis, eletrônicos ou então um monitor de festa infantil.

As festas de “adultos” não pedem lembrancinhas, ao contrario das festas infantis. Faça uma lembrancinha especial para as crianças, como algum brinquedo ou saquinho de doces, e para os adultos da festa, faça algo personalizado e simples, apenas para eles levarem alguma lembrança da festa. Nas festas que não são infantis, você pode optar por algum souvenier por família, para que haja um elemento material que os faça se lembrar da sua festa.

E aí? Aprendeu como fazer uma festa em casa?

Seguindo essas dicas, o sucesso da sua festa é infalível, tanto para você quanto para os seus convidados. Fazer uma festa em casa é fácil, mas exige imaginação para conseguir realizar todos os mínimos detalhes que vão fazer ela especial.

As opções mais caras são tentadoras, mas com dedicação você consegue economizar mais do que imaginava e realizar tudo o que estava sonhando para a festa perfeita.

Deixe suas sugestões de como fazer uma festa em casa nos comentários.

Como fazer uma festa de aniversário

Hoje vamos aprender como fazer uma festa de aniversário! Comemorar mais um ano de vida requer muita criatividade, afinal, a data se repete todos os anos. Entretanto, existem diferentes possibilidades de celebrar a primavera que se aproxima.

Como fazer uma festa de aniversário

Como fazer uma festa de aniversário

Antes de começar a pensar na organização é necessário que o aniversariante pense como quer confraternizar o próprio aniversário. As possibilidades podem variar, primeiro, pela idade do anfitrião. Dependendo de quantos anos a pessoa comemora, a festa tende a ser maior ou mais discreta.

As datas com maior destaque são o primeiro ano, 15, 18, 21 e 50 anos, em geral. Caso a festa do aniversariante se enquadre em uma das destacadas, é interessante pensar em celebrações marcantes também.

São datas importantes que podem ser comemoradas de um jeito único. Existe a possibilidade de celebrar as datas em destaque nos locais maiores, pois são momentos que permitem ao aniversariante chamar mais pessoas para comemorar. Também são celebrações que exigem mais planejamento e detalhes a serem pensados.

Em geral, as festas de aniversário são abrangentes e por isso trazem infinitas possibilidades para pensar em organização e tema. O tipo de confraternização varia também com a personalidade do aniversariante. Para os mais extrovertidos é indicada uma comemoração maior, já para os discretos recomenda-se uma confraternização simples.

Planejamento – Como Fazer uma Festa de Aniversário

O Local da Festa de Aniversário

O primeiro a pensar na festa é o local onde será comemorada. Parta do princípio básico: em casa, salão, ou ambiente externo. As confraternizações nas residências são indicadas para quem quer celebrar o aniversário de um modo discreto e com pessoas íntimas. Claro que não descarta a possibilidade de celebrar com muita gente – caso o local suporte um público maior -, mas lembre-se de que o lar é um ambiente íntimo e pessoas de confiança que devem circular pelo local.

Caso opte por uma festa de aniversário em casa, busque pela segurança dos artigos alocados e dos convidados. A comemoração, como é indicada para pessoas próximas do aniversariante, pode ser celebrada de modo simples. Pense que é uma reunião entre amigos. Planeje como o ambiente pode ficar confortável e se é possível abrigar todos na casa. A partir dai, pode partir para o planejamento do aniversário.

Os salões são indicados para comemorações maiores, como a celebração de 15 anos, entre outras. O ambiente é amplo e propício para festas, mas depende de equipes especializadas como buffet, fotógrafos, decoração, etc. Ou seja, por ser uma comemoração maior, também dependerá de um orçamento alto para ser investido.

As celebrações em ambientes externos são indicadas para as comemorações simples, mas que possa abrigar mais colegas. Bares, barzinhos, casas noturnas, por exemplo, são locações indicadas para o aniversariante comemorar a data com os amigos, sem precisar se preocupar com detalhes. Os lugares, normalmente, também têm opções de desconto para quem comemora a data de aniversário, convidados e também locações especiais dentro do próprio ambiente.

Em ambientes externos, o ideal é entrar em contato com o local com uma semana de antecedência e tirar todas as dúvidas sobre o pagamento de conta, entrada e saída de convidados. Para evitar transtornos, busque por locais que dão a opção de compra individual.

A escolha do ambiente externo também deve estar em harmonia com o gosto do aniversariante, junto ao que os convidados acham de relevante. Faça uma cotação de lugares e preço para que todos possam comparecer. Leve também em consideração a distância da localização e torne disponível o transporte para os amigos.

Os Convidados da Festa de Aniversário

A segunda coisa que deve ser pensada em uma festa de aniversário comum é nos convidados que poderão comparecer a comemoração. Pense em uma lista que descarte a possibilidade de um desconforto com algum amigo. Relembre de todos que fazem parte da história do aniversariante, sem deixar ninguém de fora. Afinal de contas, ninguém gosta de se esquecido de uma festa, principalmente de um amigo.

Após a lista de convidados e ambientes definidos, o anfitrião pode planejar a decoração do ambiente. A dica vale para as festas em casa, ou em salões. Para as comemorações reservadas, a dica é a de apostar nos balões simples; já as confraternizações maiores necessitam de acessórios mais marcantes também.

Nas comemorações em residências, é importante pensar se entre os convidados haverá crianças. No caso afirmativo, proteja as pontas de mesas, cadeiras, armários, etc. Planeje em primeiro lugar a segurança dos convidados, para depois pensar na diversão dos mesmos. Da mesma forma, é indicado que o anfitrião retire todos os objetos cortantes e de alto risco do alcance das crianças, ou de fácil acesso.

A Decoração e a Logística da Festa de Aniversário

A decoração em casa é discreta, pois o ambiente em si já está carregado de itens e detalhes. Além dos balões, aposte também nas mesas coloridas, pratos e talheres descartáveis. Priorize a beleza nos acessórios, mas que,posteriormente, também tragam praticidade na limpeza.

Também planeje uma estratégia de entrada e saída dos convidados. Durante a data, a casa deve ter fácil acesso e circulação de convidados para que o público se sinta confortável e ao mesmo tempo seguro no ambiente.

Já nos aniversários em salões, o planejamento é maior. Nestes casos, busque por um profissional que dará o suporte para a decoração, segurança, alimentação e lembranças. A melhor maneira de comemorar o aniversário com uma grande quantidade de pessoas é em uma confraternização estrategicamente planejada, sem preocupações maiores.

Os Salgados, Doces e Bebidas da Festa de Aniversário

Festa de aniversárioOs quitutes também variam com a proporção da festa. Comemorações discretas pedem comidas simples, como salgados e itens práticos. Já festas maiores requerem mais opções e quantidade. Ambos devem ser pensados para um volume extra de convidados para não faltar para ninguém.

A bebida é por conta do anfitrião. Em comemorações externas é incontrolável o consumo de bebidas alcoólicas, ao contrário dos salões e residência. Caberá ao aniversariante saber priorizar os itens de importância para os convidados.

Os Convites da Festa de Aniversário

O convite para os amigos também varia com a proposta da festa e proporção da comemoração. Caso seja uma confraternização temática, é interessante desenvolver convocações características; caso seja um evento livre é indicado apostar nas opções eletrônicas.

Reforce o convite, após chamar os convidados. O tempo ideal de convidar é uma semana de antecedência, pois dá tempo para todos se planejarem até a data marcada. Faça uma maneira criativa de convocar os amigos. Você pode usar um convite online. É bem prático e você recebe a confirmação de presença em tempo real.

As Lembranças da Festa de Aniversário

Dependendo da festa, principalmente no caso das confraternizações maiores e infantis, também vale a pena apostar em lembranças, após a comemoração. Caso a comemoração tenha um tema, opte por acessórios que lembrem a temática, no caso de festas livres é recomendado oferecer aos convidados itens discretos.

As Músicas da Festa de Aniversário

A seleção de música, em festas caseiras ou em salões, pode variar entre as calmas e os ritmos mais agitados. A ordem crescente de intensidade na animação deve sempre andar em harmonia com o público.

Lei do Silêncio

Mas, atenção para que for fazer uma festa em casa: em algumas capitais e estados brasileiros, a Lei do Silêncio pode prejudicar o final da confraternização. Lembre-se de respeitar os decretos 7.302/78 (Minas Gerais), 9.505/08 (Belo Horizonte), 126/77 (Rio de Janeiro) e 35.928/96 (São Paulo) que indicam a ausência de barulhos fortes em ambientes residências, após às 22h.

Aprendeu como fazer uma festa de aniversário? Tudo pronto?

Pegue sua lista de convidados, monte seu setlist favorito e chame todos os seus amigos para comemorar uma data tão importante que é o aniversário. Parabéns, saúde!

Temas para festa infantil

Um aniversário infantil na sua casa está chegando e você está sem ideias de temas para festa infantil?

A primeira dica é pensar no que a criança gosta e os desenhos que ela mais assiste, por exemplo, ou então, opte por um tema coringa (mais genérico), como circo, casa de bonecas ou corrida de carro.

Os Temas para Festa Infantil

As festas infantis, independente do tema, devem ser coloridas e divertidas e cheias de elementos que agradem as crianças. Separamos uma lista de temas para festa infantil:

Tema Infantil – Circo

Tema Infantil - Circo

Para o tema circo, por exemplo, utilize muito as cores amarelo, azul, vermelho e verde. Estas cores são a cara do tema. O tema combina principalmente com as crianças menores, como as que estão comemorando seu primeiro aniversario, por exemplo.

Muitas pessoas misturam o tema circo junto com Patati e Patata. Vamos falar mais sobre eles nos items abaixo.

Tema Infantil – Casa de Bonecas

Pensando no tema casa de bonecas, a regra é também utilizar as cores do tema, ou seja, muito rosa, branco e vermelho. Ao contrario do tema circo, o casa de bonecas combina com uma maior variedade de idades de meninas, é mais coringa ainda do que o tema anterior.

Tema Infantil – Corrida de Carro

O tema corrida de carro também combina com uma maior variedade de idades, mas dessa vez é de menino, as cores essências deste tema são vermelho, preto e amarelo, mas o azul também combina se você quiser inserir.

Se você quer fugir de temas coringas, e fazer alguma coisa que seja mais ligada ao aniversariante, pense no desenho que ele mais goste ou peça para que ele escolha. Umas opções são a Galinha Pintadinha, as Princesas e os Carros.

Tema Infantil – Galinha Pintadinha

Na opção de tema Galinha Pintadinha, utilize muito as cores amarelo, azul, vermelho e branco em tudo na sua festa. Para saber mais sobre como organizar uma festa baseada neste tema, clique aqui.

Tema Infantil – Princesas

Já para o tema Princesas procure colocar o máximo de coisas relacionadas as princesas da Disney em sua festa, assim como tudo têm que ser nas cores rosa, roxo e branco, o tema combina com as aniversariantes a partir dos 4 anos, para as menores, opte pelo tema Princesas Baby, as cores são as mesmas.

Tema Infantil – Carros

Pensando agora no tema Carros, coloque muito o personagem Relâmpago McQueen na sua decoração e a faça inteira pensada nas cores amarelo, azul e vermelho, as cores do filme.

Tema Infantil – Patati e Patata

Tema Infantil - Patati e PatataOutra opção de tema é os palhaços Patati e Patata, todas as crianças hoje em dia adoram os palhaços e com certeza iriam amar a sua festa com eles como um dos personagens principais.

Para fazer uma festa pensada neles, utilize muito as cores branca, amarelo, vermelho, azul e verde, com certeza é uma das opções mais coloridas para a festa. Sem contar que em temas como este você pode abusar da fantasia do personagem no  aniversariante, principalmente para a hora do parabéns.

Tema Infantil – Carrossel

Hoje em dia, o tema do momento é a novela infantil Carrossel, a maioria das crianças estão fascinadas por todos os personagens, então por que não fazer uma festa trabalhada inteira em cima deles? A sua festa deve ser feita em cima das cores amarelo, branco e azul, assim como a roupa dos personagens. Coloque um pouco de outras cores, para dar uma animada na decoração da festa, mas é obvio que a preferência é daquelas que já foram citadas.

Assim como os palhaços Patati Patata, você pode usar a fantasia dos personagens para caracterizar o aniversariante, detalhe que da um diferencial na hora do “parabéns”.

Tema Infantil – Desenhos animados e filmes

Os personagens de desenhos infantis, principalmente os que fazem parte do Discovery Kids, são os preferidos entre as crianças e são uma ótima pedida para as festas infantis, todos os temas são coloridos e são a cara dos aniversariantes.

Existem as opções de fazer uma festa com o Barney como tema ou então tendo os Thomas e Seus Amigos de atração na sua festa.

Os filmes infantis também são uma ótima ideia, como o Sherek, o filme Procurando o Nemo, o filme Rio, a Era do Gelo ou então Toy Story.

Outros temas para festa infantil de meninas

Para as meninas que forem fazer aniversario, existem temas que nunca saem de moda, como por exemplo a Sininho, a Barbie, Hello Kitty ou alguma princesa da Disney em especifico. A regra é sempre obedecer as cores do tema, para a festa da Sininho, muito branco, verde e se você achar, utilize uma bexiga transparente ou então prata para dar uma quebrada nas cores.

Já para a Barbie e Hello Kitty, as cores devem ser rosa, roxo e branco, dependendo da decoração, é possível a utilização do vermelho nestes dois temas. As cores das Princesas da Disney variam de acordo com a personagem, vão desde a combinação de vermelho, verde e azul, para a Pequena Sereia, por exemplo, até branco, rosa e azul, para a Cinderela.

Outros temas para festa infantil de meninos

Para os meninos aniversariantes os temas também são muitos, pense em fazer uma festa da Liga da Justiça, ou de qualquer super-herói que compõe ela, ou então no Homem Aranha ou até mesmo o Harry Potter.

Na festa da Liga da Justiça a regra é usar muito amarelo, azul, preto e vermelho, já para algum super-herói as cores podem mudar de acordo com cada um. Para o Homem Aranha as cores são vermelho e preto, mas se você quiser, coloque branco no meio das duas, para dar uma quebrada nas duas cores fortes.

Já para o Harry Potter, as cores indispensáveis são azul, preto e prata. Outra opção de tema são os times de futebol, as cores vão variar de acordo com o time, claro.

Outros temas para festa infantil para crianças mais velhas

Para as crianças mais velhas, a ideia é usar temas mais “maduros”, como musica, o time de futebol, como já citamos, ou então algum personagem de seriado que ela goste, como, por exemplo, a Hannah Montana. A festa para elas não precisa ser tão colorida, mas deve ser divertida igual as outras.

E o mais importante: deixe a criança escolher o tema que mais lhe agrada

O importante nas festas infantis é fazer tudo dentro do tema escolhido, desde o convite, até os mínimos detalhes e a lembrancinha.

Outro quesito importante, como ficou claro durante o texto, é respeitar as cores de cada tema, para não destonar a festa toda. Outro quesito importante a ser respeitado é a vontade da criança, se ela escolher certo tema, faça a festa neste.

Adicionando elementos extras, como a fantasia nos aniversariantes, e adicionando personalidade, o seu tema ficará o melhor para a sua festa.

Deixe suas dicas e sugestões sobre temas para festa infantil nos comentários.

1 2